Post do leitor : Enfrentar o mundo

" ... é a hora de assumir para o mundo que você escolheu ser mãe e cuidar do seu filho. "


" Resultado positivo do seu exame de gravidez, sentimentos e emoções como um tornado e ainda ter que contar para a família. Quando você planeja sua gravidez todos esperam por isso, então naturalmente todos ficam felizes e passam a te bajular mais ainda, mas e quando não é planejada ? 
E se você ainda é uma adolescente? 
E se estiver movendo os papeis da separação? 
Aborto? 
Não!! Sei que isso infelizmente passa na mente de muitas futuras mamães afinal são tantas dificuldades, não sou a favor do aborto, e não estou aqui para julgar ninguém !

Muitos homens sonham em ser papai, outros já abominam a ideia ou simplesmente não estão preparados para assumir essa responsabilidade, nós mulheres costumamos achar que os homens não sentem as mesmas coisas que nós, para alguns também é um momento difícil, afinal a vida dele também vai mudar.
Os planos e sonhos é tudo uma questão de tempo e muita conversa, afinal ele é o pai e isso não vai mudar, mesmo que ele não aceite ou mude com você. 
Falar tudo que está sentindo e não o julgar.
E se houver alguma dúvida quanto a paternidade e ele não querer assumir ? 
É um pai assim que você quer que te ajude a criar seu filho? 
E se ele não quiser continuar o relacionamento com você, mas quer assumir o papel de pai? 
Não seja egoísta. Não pense só em sí. Pense que o melhor é que seu filho tenha a presença do pai na vida dele, porque ele precisa de um referencial.
Contar aos pais é a parte mais tensa da história.
Difícil, complicado, tenso! Mas antes de qualquer coisa não se esqueça que eles são seus pais, e te amam de qualquer maneira, conhecem seus erros e defeitos muito mais do que se possa imaginar, eles podem não te apoiar ou ficar do seu lado mas logo verão um rostinho lindo nos seus braços e acredite vão amar!
Não adianta ter medo ou esconder deles, vai esconder a barriga ? 
E os acompanhamentos médicos que precisa ?  
Não se coloque nessa situação complicada afinal é a hora de assumir para o mundo que você escolheu ser mãe e cuidar do seu filho. 
Todo apoio do mundo é pouco e nada será muito!

As pessoas vão te julgar sim, vão te olhar torto, vão perguntar se quer ajuda para abortar, não vão falar coisas bonitinhas, vão te olhar feio na condução como se ao invés de estar grávida tivesse uma doença contagiosa, aquela garota que não gosta de você da rua, condomínio  prédio, escola, trabalho ou faculdade vai te lançar aquele maldito olhar de deboche, qualquer coisa que te digam pode te levar ao poço sem fundo de lágrimas e  nada disso vai te parar, irão existir momentos que vão te fazer acreditar que daria tudo para ter sua antiga vida de volta, mas outros de extrema felicidade que é claro você não vai querer trocar por nada no mundo.
Seja forte futura mamãe, por ti, por seu baby e pela vida, não desista e nem se desespere, costumo dizer que a vida é tão complicada para que os pequenos momentos de felicidade realmente valham a pena. 
Não consigo acreditar que duvidei do apoio dos meus pais e do meu namorado na época, todos sofremos com a mudança,mas em momento algum alguém da minha família disse que eu não devia ter minha filha, hoje chegam a ser chatos de tanta bajulação! 
Eu graças a Deus não estou sozinha mas mesmo que tivesse faria o possível e o impossível para que tudo desse certo na minha gravidez e para minha filha, acredito que sou capaz assim como muitas mamães são. Minha Vó criou nove filhos sozinha após a morte do meu Vô,vejo a força que essa mulher tem e tantas outras tiveram, ela duvidou de si mesma? 
Acredito que sim, mas em momento algum deixou que isso falasse mais alto que o amor que ela tem pelos filhos, nenhum morreu, nenhum foi preso e todos eles são motivos de orgulho para ela que faz tudo por eles. Você também é capaz! Não esqueça de se cuidar e se amar sempre ;) "

Texto da leitora Juliana Rodrigues, 20 anos, São Paulo, mãe da Alice
Conheçam mais dessa linda
Blog / Fan page

10 comentários:

  1. Eeee Obrigada novamente Paty! Fico muito feliz de :lçp´ser a primeira a ajudar na tag <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que fico muito feliz !
      Atráves dessa tag poderemos trocar muitas idéias. Beijo grande!

      Excluir
  2. Adoreei...*-*
    Existe verdade em cada palavra...parece até que fui eu que escrevi kk
    Lindoo o texto!
    Parabéns pra Ju!!
    Beeijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bacana é a gente conseguir se identificar com o texto né? É saber que outras pessoas podem viver o mesmo que a gente. Obrigado !

      Excluir
  3. Que bacana, mais uma mãe de Alice! :-)
    Lindo post, vou lá conhecê-la!
    Logo estarei enviando meu texto tbm, Paty. Com carinho!
    Fiquei lisonjeada por vc partilhar seus pensamentos lá no meu blog, viu!
    Não é a toa que vc é tudo o que é: digna de admiração!

    Deus abençoe!
    Bjs!!!
    Karin Filgueira
    BLOG: - Meu Doce Lar
    FACEBOOK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é meninaaaaa ! Depois que tive a Alice conheci um monte de outras Alices =)
      Já estou aguardando o seu post viu?
      Ah! Eu amo o seu blog <3
      Beijinhos

      Excluir
  4. Oi Paty.
    Muito bacana a Tag e o post da Juliana, gostei muito ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oii Paty, adorei o texto, me identifiquei muito mesmo, parece que tava vivendo aquilo!
    Parabens pela TAG, e parabens para a Jú que fez esse texto maravilhoso, vou visita-la !!!

    Beijoos!

    http://yasminpresentededeus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, é muito bacana encontrar alguém que tenha vivido o mesmo que a gente né ?
      beijo grande!

      Excluir