Mori Girls


As tribos surgidas no Japão são frequentemente associadas a looks extremos, com muitas cores, detalhes e sobreposições. Porém, outra subcultura, ainda não muito conhecida no Ocidente, tem revirado os conceitos dos jovens orientais. Muito diferente das Fruits, das Lolitas, das Ganguros e das Manbas, as Mori Girls têm como principais características as cores neutras, o visual natural, o uso de roupas vintage e uma admiração por florestas e bosques.



Mori significa “floresta” em japonês, o que explica um pouco o visual de andarilhas de um conto de fadas que elas possuem. A tribo vai ao encontro do movimento "Yuru-Nachu", que significa “relaxamento natural”, e passa a fazer parte de uma contracultura em resposta às antigas tribos japonesas. Mori Girls, de alguma forma, simbolizam a rejeição dos jovens em relação à cultura high-tech japonesa, que tem recebido mais atenção da mídia nos últimos tempos através de reportagens sobre o acúmulo de lixo eletrônico no país.

 O estilo tem apelo forte com o que vem acontecendo não somente no Japão, mas no mundo inteiro: a busca pelo simples, a preferência pelo conforto e a valorização do vestuário vintage e reciclado. Mas as Mori não são apenas uma tendência. Ser uma Mori Girl implica todo um estilo de vida específico, que permeia alguns princípios, preferências e valores em comum.



As Mori surgiram em 2006, em uma famosa rede social japonesa chamada "Mixi", depois de uma usuária comentar uma foto de Choco, dizendo que ela parecia “uma garota da floresta”. Choco, seu nome na rede social, criou então uma comunidade dentro da rede, chamada “Mori Girls” que, em pouco tempo, atraiu mais de 8000 membros. Para entrar nela, é preciso ter a permissão de Choco, além de responder algumas perguntas pertinentes à tribo e às regras da comunidade.




Como uma de suas principais características, Mori Girls se interessam por objetos que possuam história, como relógios de bolso e câmeras análogicas. Dentro desse contexto, as roupas vintage e os objetos feitos à mão muitas vezes por elas mesmas, passaram a ser valorizados e a fazer parte do estilo Mori.


Elas se caracterizam também por certas atitudes perante suas rotinas. Mesmo morando na cidade, preferem manter um ritmo de vida mais calmo, apreciando as pequenas coisas do dia a dia que muitos consideram insignificantes. Gostam de explorar os cantinhos da cidade, descobrir lojas peculiares .



A infantilidade natural do look das Mori Girls as distancia da agressividade das outras tribos jovens surgidas no Japão. Elas preferem sapatilhas a saltos, vestidos amplos a bandages, materiais de aspecto natural a sintéticos, unhas curtas a compridas, além de maquiagem leve e cabelos naturais.


O estilo tem sido incorporado principalmente por jovens entre 17 e 22 anos. De forma carinhosa, alguns as consideram uma mistura entre Chapéuzinho Vermelho, Maria Antonieta e Alice no País das Maravilhas. É fácil identificar onde o conceito Mori, que significa “floresta”, é aplicado no vestuário das meninas.
O look é composto por camadas e as roupas são geralmente amplas, detalhadas com babados, rendas, fitas e crochê, tudo em tons que variam dos neutros durante a primavera e o verão, aos terrosos e quentes no outono e no inverno.

E ai o que vcs acham dessa tribo ??
Eu amooooo!

3 comentários:

  1. Que lindo!eu acho esse estilo super mega legal, tô até tentando montar algum look simples com o que tenho em casa, mas futuramente vou tentar comprar algumas peças para montar pelo menos dois ou três looks legais assim.
    Muito legal o seu post.

    Kisses!

    ResponderExcluir
  2. ahw, i love the photo's..
    Mori Girls are amazing! <3

    ResponderExcluir
  3. elas sao tipo umas patricinhas mas muito mais fofas e lindinhas e cor de rosa boneequinha????
    PS.responde por favor!!

    ResponderExcluir