A carta de 2008


"Já fazia alguns dias que eu não via você, na verdade eu já estava até estranhando, e de certa forma sentindo falta.
Você apareceu sentada sobre a sua lápide, regata preta, calça jeans, cabelos presos e com um sorriso no rosto. Te achei mais magra.
Logo depois Miriam, G* e Marcos chegaram, mas eles não te viam ... então nem adiantava falar pra ele sobre o que conversavámos.
Você disse que tava tudo bem, perguntou como eu estava. Falei ds progressos que haviam acontecido na minha vida, mas que ainda sentia muito a sua falta.
Você me disse que não poderia mais ficar vindo me visitar, porque precisava de permissão para isso. Mas que um dia voltaria de vez. Eu pedi que quando você pudesse não deixasse de vir me ver, porque eu sempre estava com saudades.
Você disse : "Não se preocupe, assim que eu puder voltar, você vai ser a primeira a quem venho ver."
No mesmo lugar que eu havia deixado uma carta, havia uma sua, escrito com sua própria letra. Era uma carta de 2008. Falava sobre momentos daquela época, eram muitas folhas, eu só consegui ler o meu nome completo no final das linhas ... era sobre mim, era sobre nós.
Naquele momento as lágrimas me vieram aos olhos, e eu não pude não perguntar :
"Porque eu não consigo ficar sem chorar toda vez que te vejo ? Como você consegue sorrir enquanto conversa ?"
Foi ai que apenas uma voz falou : " Ela chora sim de saudade de você. Mas ela chora antes que você chegue."
Dessa vez voce não me abraçou antes de ir, simplesmente você foi, desapareceu.
De longe apenas vi os meninos acenarem me chamando para ir embora, e no chão Miriam ficava sentada segurando aquela blusa preta."

5 comentários:

  1. "Era uma carta de 2008. "em que,não digo nos conhecemos,que nos encontramos,é assim que sinto. Ano inesquecível...;
    " Ela chora sim de saudade de você. Mas ela chora antes que você chegue." Acredito. :b

    ResponderExcluir
  2. Nos encontramos em 2008?
    se foi.. talvez o que tivesse registrado na carta fosse momentos ... :f
    momentos nossos ...pq nos tornamos mais que amigos.. nos tornamos uma familia.
    Paty Gocalita

    ResponderExcluir
  3. esse texto me deixou meio triste... com medo...

    ResponderExcluir
  4. Não precisa ficar com medo, afinal esse sonho me deixou uma esperança.. afinal quando se perde alguém querido o que nós mais queremso é um dia poder encontra-lo novamente!
    Paty Gocalita

    ResponderExcluir