Saúde da mulher - Absorventes!

Nhaeeeee... galera , hoje resolvi postar sobre um assunto que ainda nem vi em blog!rsrs ..
Vou falar sobre absorventes!
Sério!! =D
Agente usa todo mês (é um saco ficar menstruada!!)Mas é importante ter alguns cuidados!


Até meados dos anos de 1960, muitas mulheres utilizavam as chamadas ‘toalhas higiênicas’, que eram lavadas para serem usadas novamente na próxima menstruação. Além de não ter praticidade, também não eram nada higiênicas, pois a reutilização levava ao acúmulo de bactérias. Este hábito já é passado!! As mulheres contam hoje com absorventes higiênicos industrializados, internos ou externos, e com características que atendem às várias necessidades e exigências das consumidoras. Vale a pena ficar atenta a alguns esclarecimentos dados pela ginecologista Dra. Rosa Maria Neme (CRM SP-87844), diretora do Centro de Endometriose São Paulo, que respondeu , sobre o uso dos absorventes.


1. A cobertura dos absorventes é segura para a saúde?
Sim, porque a maior parte dos absorventes é fabricada com matérias-primas especiais para este tipo de uso. O importante é prestar atenção para o caso de reações alérgicas, principalmente naqueles com cobertura que não são de algodão, pois podem prejudicar a ventilação e favorecer o aparecimento de infecções.

2. Qual a diferença entre um absorvente externo e interno?
Os absorventes externos são usados por fora do corpo, se aderem à calcinha e devem ser usados na presença de fluxo menstrual pequeno ou no final do ciclo menstrual das mulheres. Já o interno é inserido dentro da vagina para absorver o fluido antes de sair do corpo.( eu uso os dois..meu fluxo é bem intenso =(

3. Com que frequência é necessário trocar o absorvente externo e interno?
Idealmente a cada 2 até 4 horas. Mas, tudo dependerá da intensidade do fluxo menstrual de cada mulher e da necessidade pessoal. É importante lembrar que não é aconselhável ficar muitas horas sem trocá-lo, porque isto pode ocasionar um odor desagradável, alergias e proporcionar a proliferação de bactérias.

4. É possível substituir o uso do absorvente externo pelo interno durante todo o ciclo?
É possível. Em geral, os absorventes internos não oferecem nenhum risco à saúde da mulher, desde que sejam usados de forma correta, ou seja, trocados em um período máximo de até 4 horas e que se mantenha os cuidados de higiene adequados.

5. Todo mundo pode usar absorventes internos? Mesmo garotas virgens ou aquelas que acabaram de menstruar?
Todas as mulheres podem usar, incluindo garotas virgens, porque não há nenhum risco de romper o hímen. Entretanto, a mulher pode sentir um pouco de desconforto na colocação deste tipo de absorvente.

6. Existe absorvente ecológico?
É um absorvente interno na forma de uma tacinha que é lavável, após sua utilização. A questão é que o absorvente convencional de algodão, e que é desprezado depois do uso, tende a ser mais higiênico.

7. Como saber se o absorvente interno foi bem colocado? Como fazer para retirá-lo? E se o barbante do tampão sumir, enquanto estiver em uso?
Se a mulher não tem nenhuma sensação de desconforto ao inseri-lo na vagina, é sinal de que foi bem colocado. Para retirá-lo, basta puxar a cordinha ligada a ele. Agora, se o barbante sumir é necessário retirar o absorvente interno com o dedo. Caso tenha dificuldade, procure um ginecologista.

8. É possível utilizar um absorvente interno durante a noite?
É possível, mas não aconselhável.

9. Quais são as vantagens absorventes internos apresentam em relação aos demais absorventes? E as desvantagens? Eles podem ser usados diariamente?
Eles podem ser usados diariamente durante o período menstrual. A grande vantagem é a mulher ter mais liberdade para freqüentar ambientes, como praia e piscina, durante o período menstrual. A desvantagem é que devem ser trocados em um período, em geral, mais curto que o absorvente externo.

10. Mesmo quando bem colocado, há o risco do fluxo vazar ou a mulher pode se sentir segura usando o absorvente interno?
Há risco de vazar se o fluxo menstrual for muito intenso. Por isso, existem tamanhos diferentes para atender a cada necessidade. Neste caso, deve-se trocar o absorvente em um período mais curto de tempo. Seguindo-se a orientação do tempo de troca e os cuidados necessários, a mulher pode se sentir segura.

11. Existe problema em usar absorventes diários, tipo protetores de calcinha, todos os dias?
É problemático sim, porque isso aumenta o calor na região vaginal e a umidade, o que favorecem a ocorrência de infecções.


"É sério gente , eu mesma já tive uma espécie de infecção por conta do uso diário daqueles protetores de calcinha..quando acabava meu ciclo menstrual lá estava eu todos os outros dias de protetor diário..tive um probleminha e minha ginecologista me proibiu de usar todos os dias.."

Espero que vcs tenham gostado!

3 comentários:

  1. Ahh quantas dicas ótimas, Paty!! Adooro visitar seu blog, flor!!

    Beeeijo, querida

    Lembrando que hj sai o resultado do sorteio de uma bolsa lá no meu blog, quem não se cadastrou ainda dá tempo de se cadastrar, CORRE!!
    http://modamanialoja.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. É importante sim esse assunto, e esse negócio de usar protetor diário é um perigo, não é para ser usado todo dia não.
    Beichos!
    Carla Herbelly.

    PS. Fiz um vídeo lá no blog ensinando uma receitinha caseira SHOW para os cabelo, confere lá http://alobregaria.blogspot.com/2011/06/alo-loiras-milagrinho-caseiro-para.html :*

    ResponderExcluir
  3. Utilidade pública...
    è bom se manter informada.

    ResponderExcluir